Aviso


AVISO




Depois de quatro anos com muitas notícias do mundo latino, o Mescla Cultural fecha as suas portas. O blog não será mais atualizado, mas seu conteúdo permanecerá online. Aos leitores, meu muito obrigada por todos esses anos!





Marcadores: , , ,

E quem diabos são Los Amigos Invisibles?

Quando saiu a programação do Telefonica Sonidos a pergunta que eu mais ouvi foi essa: Quem são esses caras? Julieta Venegas e o Camila vocês já estão carecas de saber quem são, agora o Mescla te conta sobre os venezuelanos:

Profile

Em 1991, Julio Briceño, José Luis Pardo, Armando Figueredo, Mauricio Arcas, José Rafael Torres e Juan Manuel Roura resolveram montar uma banda que levava no nome a famosa saudação de Arturo Uslar Pietri, apresentador que ficou décadas no ar na televisão venezuelana. Frutos mesmo eles só teriam quatro anos depois.

"A Typical and Autoctonal Venezuelan Dance Band", disco que saiu em 1995, veio sem muito estardalhaço. A sorte sorriu para o grupo quando esse mesmo álbum foi comprado ao acaso pelo multi-atarefado musicamente falando, David Byne que resolveu contratar os caras em seu selo na hora. O resultado foi "The New Sound of the Venezuelan Gozadera", em que as canções levavam nomes sugestivos como "Ponerte en Cuatro", "Sexy" e "El Disco Anal".

Com a gravação do terceiro disco, no ano 2000, acontecendo em São Francisco, a banda resolve se mudar para os Estados Unidos. "Arepa 3000: A Venezuelan Journey Into Space" é indicado ao Grammy e o Latin Grammy. Desde então a banda tem sua base em Nova York de onde lançaram seus últimos discos, "The Venezuelan Zinga Son, Vol. 1", "Superpop Venezuela", "Comercial" e de onde estão radicados até hoje.

O Dance Music do inicio da carreira foi refinado, mas a alma independente da banda continua lá até hoje, e quem for ao show dos venezuelanos na semana que vem vai poder conferir isso.


0 comentários:

Postar um comentário