Aviso


AVISO




Depois de quatro anos com muitas notícias do mundo latino, o Mescla Cultural fecha as suas portas. O blog não será mais atualizado, mas seu conteúdo permanecerá online. Aos leitores, meu muito obrigada por todos esses anos!





Marcadores: , ,

Luis Miguel

Tivemos um massacre: em matéria de cantor romântico (romântico MESMO), não há quem pare Luis Miguel. Então é isso, Luismi para vocês:

Profile: Luis Miguel

O cantor nasceu em Porto Rico durante uma breve passagem de seus pais pela ilha, mas sua ascendencia é mesmo Mexicana. Seus pais, um espanhol e uma italiana moravam no país graças a carreira de seu pai, Luisito Rey.

Ao perceber que sua vida na música estava em decadencia, Luisito resolveu investir no próprio filho. O debut de Luis Miguel não podia ser em maior estilo: Ele cantou no casamento da então filha do presidente do México em 1981 atraindo assim a atenção das gravadoras. Um mês depois ele assinaria com a EMI e lançaria aos 12 anos de idade "1+1=2 enamorados".

Em 1985 vem o primeiro Grammy com o dueto com a cantora escocesa Sheena Easton, "Me gustas tal como eres". O cantor é o artista latino que mais recebeu o Grammy, com 5 premiações ao todo. Teve alguns problemas com a EMI se mudou para a Warner Music e em 1988 lançou "Busca una mujer", que trazia uma das canções mais conhecidas do cantor: "La incondicional". Esse disco conseguiu a proeza de deixar 7 singles consecutivos em primeiro lugar no Billboard Hot Latin Tracks durante mais de um ano.

Em 1990 já consagrado pelo disco anterior, lança "20 años" que vende 600 mil cópias só na primeira semana. No ano seguinte decide se aventurar em outro ritmo que o consagraria mais tarde, o bolero. Lança "Romance", que se torna sucesso espontaneo vendendo mais de 7 milhões de cópias e ganhando discos de ouro em pais de lingua não espanhola como Taiwan e Brasil.



Volta ao pop balada em "Aries" de 93 mas retorma ao bolero no ano seguinte com "Segundo Romance". Recebe então da Industria de gravação de artistas da américa um prêmio por vender 2 milhões de discos nos EUA. Luis Miguel era então o primeiro estrangeiro cantando sua própria lingua que havia conseguido tal feito. Participa também do último disco de Frank Sinatra antes de sua morte cantando um dueto, "Come fly with me". Lança então seu primeiro disco ao vivo, "El concierto", gravado durante suas apresentações no Auditorio Nacional do México.

Em 1996 lança "Nada es igual", que vende mais de um milhão de cópias. Entre as faixas do disco estão "No sé tú", tema central do filme Speechless e "Sueña", música para o clássico da disney "O corcunda de Notre Dame". Em 1998 lança "Romances", seu terceiro disco de bolero, e o que mais vendeu de sua triologia. Chegamos ao ano 2000 e Luis Miguel não desanima: lança em dois anos "Amarte es un placer", um disco ao vivo, "Mis romances" e "Mis boleros favoritos".




Só em 2003 chega um novo disco de inéditas com o título de "33". No ano seguinte lança seu primeiro disco mariachi "México en la piel", o consagrando novamente mas em um novo ritmo. em 2006 lança um disco de natal com o título de "Navidades", onde faz versões de canções natalinas famosas no EUA para o espanhol. voltando a lançar um disco de inéditas só em 2008, "Cómplices".

A imprensa internacional vive um impasse desde que o cantor foi internado no começo do ano. Ninguém sabe ao certo que doença misteriosa tem "El Sol" e se ele continua realmente internado.

Luis Miguel foi o representante da música latina por muito tempo e um dos poucos que conseguiu quebrar barreiras e chegar a mercados de outras linguas. Não há como ir contra a essa máxima por mais que muita gente não seja simpatica a música de Luismi. Fazendo uma comparação bem brasileira, Ele é quase Roberto Carlos, que um monte de gente torce o nariz mas sabe cantar ao menos uma música completa.



PS:Como a discografia dele é muito longa acabei citando só os que tiveram coisas importantes, mas a lista está aqui embaixo:

1. 1+1=2 enamorados (1982)
2. Directo al corazón (1982)
3. Decídete (1983)
4. Palabra de Honor (1984)
5. Ya nunca más (1984)
6. Meu Sonho Perdido (1985)
7. Luis Miguel canta in italiano (1985)
8. Fiebre de amor (1985)
9. También es rock (1987)
1. Soy como quiero ser (1987)
2. Busca una mujer (1988)
3. 20 años (1990)
4. Romance (1991)
5. América y en vivo (1992)
6. Aries (1993)(6 millones).
7. Segundo romance (1994)
8. El concierto (1995)
9. Nada es igual (1996)
10. Romances (1997)
11. Amarte es un placer (1999)
12. Vivo (2000)(2.5 millones)
13. Mis romances (2001)
14. Mis boleros favoritos (2002)
15. 33 (2003)
16. México en la piel (2004)
17. Grandes éxitos (2005)
18. Navidades Luis Miguel (2006)
19. Cómplices (2008)
20. No culpes a la noche (2009)

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Luis Miguel é o rei das baladas da América latina,no há como nega-lo!!!!!!

  1. Amabile disse...:

    Luis MIguel... é um mito... uma Lenda!!! Rei das Baladas!!! ♥

Postar um comentário