Aviso


AVISO




Depois de quatro anos com muitas notícias do mundo latino, o Mescla Cultural fecha as suas portas. O blog não será mais atualizado, mas seu conteúdo permanecerá online. Aos leitores, meu muito obrigada por todos esses anos!





Marcadores: , , ,

La Oreja de Van Gogh

Nunca fui grande fã do LODVG , não me perguntem porque. Conhecia algumas músicas, que eram as referencias para mim, mas nunca me envolvi seriamente com a banda. Portanto ai vai a opção mais votada do profile dessa semana: La Oreja de Van Gogh. (Perdoem, estou escrevendo a lot nesses post de perfil).

Profile

Antes de serem o fenômeno que são hoje, o La oreja começou como a grande maioria: um grupo de amigos se juntam e resolvem criar uma banda. A sorte deles mudou ao ganhar o "VI Concurso Pop-Rock Ciudad de San Sebastián", e a Sony Music logo se interessou pelo som da banda. Lançaram então "Dile al Sol" e depois "El viaje de Copperpot". Neste álbum aparecem canções como "Cuidate", "Paris" e "La Playa" que os fazem serem conhecidos mundialmente.



Depois veio a consolidação com "Lo que te conté mientras te hacías la dormida", neste disco foi editado um DVD depois série de apresentações, onde mostrava os melhores momentos da turnê. O grupo então chega a seus 10 anos com muito a comemorar: Lança seu novo álbum "Guapa" e alcança a marca de 6 milhões de discos vendidos durante toda a sua carreira, além de ganharem um grammy.

Como tudo na vida a euforia acaba: em 2007 Amaia Montero resolve sair do grupo para se dedicar à carreira solo. Todo mundo acreditava que a banda estava com os dias contados (Quem nunca ouviu falar da lenda "Amaia é insubstituível?") e a corrida pela nova vocalista era acirrada.

Então surgiu Leire Martinez, ex-participante de um reality show musical da televisão espanhola que pegou os vocais em "A las cinco en el Astoria" (No qual eu ainda vejo uma Leire tentando manter um padrão Amaia de qualidade, que deixa as vozes parecidas) que voltou a por a banda no topo dos mais vendidos.

Os espanhóis acabam de lançar "Nuestra casa a la izquierda del tiempo", formado por regravações (feitas pela Leire) dos grandes sucessos da banda acompanhado por uma orquestra sinfônica. Eles ainda planejam lançar ano que vem um filme-documentário gravado em Israel, onde além show feito á beira do Mar morto, acompanharemos a visita do grupo a lugares importantes do pais, como o Muro das Lamentações.

Tanto Amaia Montero como La oreja de Van Gogh tem carreiras de sucesso, e ambos ainda cantam os sucessos da época em que estavam juntos (afinal, grande parte das letra tem Amaia as escrevendo, ou sozinha ou com alguém da banda). La oreja mostrou que dá para seguir em frente ao perder a vocalista, e hoje em dia ainda é conhecida como uma das melhores bandas espanholas da atualidade.


5 comentários:

  1. Fabio Dornelles disse...:

    Ah...esqueci de dizer...

    Estamos reformulando o site, e estou a procura de um colunista q fale sobre música Nortenã (é assim que se escreve?)

    Ou sobre músicas latinas q foram trasnformadas em sertanejo...quem sabe vc não é o que procuro? Poderia ser uma postagem semanal ou quinzenal, Acho q vc seria perfeita..

    Mas uma vez beijos e obrigado...

    Ah...escrevi numa outra postagem, lá atrás...

  1. Anônimo disse...:

    eu fico de cara todas as vezes que escuto a la 5 en la astoria e nuestra casa a la isquierda del tiempo! AMAIA VACA! serio meu a leire canta p caramba, mas la oreja de van gogh sem amaia é diferente...

  1. Julia disse...:

    A leire imitava muito a Amaia em la 5 em asturia = fato!

    Mas acho que agora ela tá se encontrando

  1. Anônimo disse...:

    nao curti nao!
    mto comum!

  1. Anônimo disse...:

    La Oreja De Van Gogh tem o dom de fazer boa musica,prezando a originalidade desde as letras até as melodias.Sou fã deles,de coração,fiquei um pouco desapontado com a saída da Amaia,mas me conformei e adoro o timbre da Leire.Eles escolheram uma grande vocalista!

Postar um comentário